Sabe, não adianta estar 100% motivado e não tomar atitudes.

Não adianta estar 100% preocupado e não tomar atitudes.

Não adianta só querer fazer e não tomar atitudes.

Não adianta esperar resultados diferentes fazendo as coisas sempre do mesmo jeito, usando sempre o mesmo caminho. Isto não é apenas loucura, mas é INSANIDADE.

Eu quero que o telefone da minha empresa não pare de tocar com pessoas pedindo orçamentos e fazendo pedidos. Que a caixa de entrada do e-mail dos agentes comerciais também fiquem lotadas de pedidos de orçamentos e ordens de compra.

Eu amo ver a produção a todo vapor. Você também quer isto, não é mesmo?

Mas como é possível isto?

Pra você não tem sido uma resposta fácil de responder, eu creio. Não tem sido fácil ver a queda mês após mês, das solicitações de orçamentos e pedidos confirmados. Não tem sido fácil ver competidores disputando seu mercado, ou mesmo ver que seu business está estagnado, não cresce e que na verdade ele só faz o suficiente para pagar contas. Quando paga!!

Eu vou contar uma história, que espero que não seja a sua.

No começo do ano  de 2014, logo depois das festas, fui em visita à um possível novo cliente. Mostrei para ele duas coisas: A importância, nos dias de hoje, de uma Presença Online mais Efetiva, e a importância da Informatização de seu negócio.




Duas coisas são importantes para destacar: Não basta mais ter um website. Não basta mais ter um website como se fosse um anúncio em uma revista ou jornal.

Uma outra coisa importante destacar, é que informatizar é muito diferente de usar o computador. Usar um processador de textos ou uma planilha, não significa estar informatizado. Informatizar é coletar informações para que o computador possa processá-las e dar os resultados de maneira rápida e precisa. Informatizar é ter um programa com estes recursos e o usuário somente alimenta com informações.

Voltando aquela minha visita comercial, ele disse que realmente não tinha problemas em conseguir clientes, e que até estava com dificuldades em atender a todos. Eu disse à ele que, mesmo assim, uma Presença Online mais Efetiva é necessário para manter esta condição.

Como qualquer argumento meu de alerta sobre a perda de consumidores devido aos competidores não adiantou, foquei em uma solução de informatização para o trabalho dele. Assim fizemos e desenvolvi um aplicativo que ele pode acessar online e fazer o Controle de Reservas (você pode ver o aplicativo em http://bit.ly/1mGDjdW).

Por volta de quatro meses depois ele me liga dizendo que neste tempo todo não conseguiu usar muito o aplicativo e queria ver o que poderia ser feito para devolvê-lo.

Questionei de uma possível dificuldade em usar o aplicativo. Mas o problema não era este, mas sim que não estava tendo muito trabalho. As consultas haviam diminuído consideravelmente. Disse: “Eu não estou tendo solicitações de orçamentos e serviços. Antes eu passava serviço para meus amigos, agora mau dá para eu fazer!!! É muito estranho ver as consultas e as vendas caírem“.

Ora, ora, ora!

Conduzir um business dependendo da lembrança do cliente?!!
Conduzir sum business dependendo das pessoas que possam na frente de sua loja?!!
Conduzir sum business dependendo de ser achado por acaso na internet??!!
Conduzir um business dependendo dos posts de 30/30 minutos no Facebook só para seus amigos?!!
Conduzir seu business dependendo somente de indicação de outros clientes?!!

VOCÊ POR ACASO JÁ VIU ALGUM POST DA APPLE, DA DELL, DA MICROSOFT NO FACEBOOK?

OU UMA PROMOÇÃO DELES DO TIPO “INDIQUE UM AMIGO E GANHE X% OFF?

NÃO VIU E NUNCA IRÁ VER. NÃO É ASSIM QUE SE CONDUZ UM BUSINESS QUE PENSA EM CRESCER.

NÃO É ASSIM QUE SE CONDUZ UM BUSINESS QUE PRETENDE FAZER MAIS DO QUE O SUFICIENTE PARA PAGAR AS CONTAS.

Ter um negócio nos dias de hoje já não é como antes. Ou você resolve ter um business para crescer e deixar de ser um pagador de contas ou procura um emprego.
A responsabilidade de um business é muito grande para “apenas tirar um salário” no final do mês. Para “apenas correr atrás do prejuízo”.

E nós brasileiros fomos “treinados” desde pequeno a literalmente “correr atrás do prejuízo”, diferente dos paízes do 1o. mundo que ensinam as crianças (e não treinam) a “buscar resultados”.

Você quer lucro de verdade? Então, tenha coragem de assumir seu business como um empreendedor e invista nele não só para sobreviver, mas para aumentar as vistas, que irão atrair mais consultas, para convertê-los em mais consumidores e clientes. Ele é a sua fonte de renda. Ele é aonde você deve focar seus recursos, pois ele é seu. Invista seu tempo, sua criatividade, seu conhecimento e seu dinheiro.

Foram estas minhas palavras para este cliente. Isto porque, na verdade, ele não estava dando muita atenção para seu business por que ele estava completamente seguro com uma outra fonte de renda que “um amigo o colocou”. Ele estava investindo o pouco tempo que tinha e todo o dinheiro que tinha num negócio de MLM que quebrou do dia para a noite e o deixou com um rombo de algumas milhares de dólares.

Invista em Online Marketing! Faça seu negócio crescer pois ele está em suas mãos e só depende de você.

Ah! A segunda fonte de renda dele era a TELEXFREE.

Jefferson Carvalho
><>